ANTICAST_POST

AntiCast 134 – Malévola e o Dia dos Namorados

com Ivan Mizanzuk, Marcos Beccari, Daniel Portugal e Rafael Ancara

21
notas
0
likes
0
Tweets
0
Pin it
21
notas
0
likes
0
Tweets
0
pin it

Olá, antidesigners e brainstormers!
Neste programa, Ivan Mizanzuk, Marcos Beccari, Daniel Portugal e Rafael Ancara conversam sobre o filme Malévola. Saibam as histórias da bruxa/rainha/heroína/vilã, seu passado, suas versões, entenda o filme, discuta sobre se ele é realmente feminista ou não e, acima de tudo, imagine um filme bem mais legal, com teletubbies, um designer austríaco, um francês e um diretor dinamarquês em altas confusões. Ah, e também tem dia dos namorados e copa do mundo.

>> 0h09min26seg Pauta principal
>> 1h26min29seg Leitura de comentários
>> 1h46min25seg Música de encerramento: “A velha a fiar”, do Grupo Quero Quero.

Download do Episódio

Curso de Infografia do Ancara e do Fabiano
Um passeio pela história, teoria e prática da produção de infográficos impressos e digitais
Curitiba – 2 de Agosto

Workshops História da Arte para Criativos do Ivan
São Paulo – 22 de Junho
Curitiba – 19 de Julho

Hangouts
03 de Agosto
10 de Agosto

Link
Teatro dos contos de fada que passava na TV Cultura – Bela Adormecida com Christopher Reeve

Jogo “A Vítima de Ouro”
Trailer de lançamento
Imagens promocionais
Página da splitplay
Página da Little Leds
Facebook
Matérias sobre o jogo:
Kotaku
Arkade
Dihitt
Gamereporter

LEIA TAMBÉM
COMENTE
  • Ary Aires

    Por que o Ivan sempre, antes do programa começar, contas as possíveis piadas, os rumos que o toma, se foi bom ou se poderia ter sido melhor? É como ler a sinopse depois de ter comprado o ingresso. No mais, bem legal programa.

    Ps.: concordo com o amiguinho que falou do volume do áudio. Não consigo ouvir o programa na rua por causa desse defeitinho.

  • Antonio Marcelino

    Queria saber onde o Ivan viu idealização da natureza nos filmes do Lars Von Trier. Cê nunca viu Anticristo não? Tá bom que a maldade humana no fim é a causa dos problemas do filme, mas a natureza é bem impiedosa com o casalzinho. Nos outros filmes dele que eu vi nem percebi nada sobre natureza, mas talvez eu precisasse ver de novo (quem é louco de rever um filme desse cara, né?)

    • http://www.anticast.com.br Ivan Alexander Mizanzuk

      Tanto no Anticristo quanto no Melancolia a natureza é idealizada como força absoluta. Só é impiedosa aos olhos humanos, que daí tentam achar sentido em algo que não existe. Obviamente, por estarmos falando de um filme da Disney, eu estava fazendo uma brincadeira.
      Em filmes como Manderlay, Dogville, Dançando no Escuro,a trilogia Europa etc., todos esses falam de uma “natureza humana” que busca idealizações e que sempre falham. Sendo assim, a “piada” na minha analogia está atrelada ao fato de termos uma história que diz implicitamente que a natureza é boa e o humano é ruim. Nesse sentido, há uma aproximação com von Trier, mas ele com certeza mostraria a natureza bem impiedosa. Ainda assim, acho que funciona como piada. =)

      Ah, e eu vejo e revejo os filmes dele sempre. Sou muito fã =P

      • Antonio Marcelino

        Entendi agora, tinha achado meio estranho na hora.

  • Edmar Gomez

    Não vi o filme, mas depois desse episódio já posso adicionar ele no Letterboxd.

  • Jorge Curti

    Brace yourselves, Beccari is coming.

  • Giordano Rocha

    eu acho que, você zoaram muito e desconsideraram o fato de os contos de fadas deduzem até hoje os esteriótipos de consumo, estudados até na faculdade, tratam esses contos com menos risos, piadas e mais seriedade…. sempre acompanho o cast de vcs, mas esse, fiquei decepcionado com alguns participantes.

  • http://caricartunista.blogspot.com/ Robson F. Vilela

    Melhor comentário, não! Quem deveria ganhar sou eu, que ouvi o programa todo. Ouvi a música da velha no fim do programa e inclusive, ouvi, mais uma vez (e sobrevivi), a anedota do Beccari. :P

  • caiosouzaborges .

    Aí, pro Beccari.

  • Aline L. Ruth

    Eu acho que a mensagem do filme, em geral, seria que vc não precisa mais ser a princesinha linda loira, que não peida, pra ser boa e feliz. Independente da sua aparência e seus traumas, vc deve reconhecer a bondade no próximo, sempre buscando se libertar deles (traumas) que um dia, vc irá se libertar, como a Malévola.

  • Rodrigo Barionovo

    Eu pensei em contribuir com alguma coisa sobre malévola ou o dia dos namorados, mas achei mais conveniente dar apenas o meu PARABÉNS pela belíssima interpretação do Rouxinol. Obrigado por me fazer parecer um retardado dando risadas dentro do ônibus a caminho do trabalho.

  • Douglas Oliveira

    Que lavagem cerebral a anedota do Beccari com esse baixo, adorei.

  • Renata Melo

    Olá gente, sobre o corte das asas, a Angelina Jolie mesmo confirmou que as asas são sim uma metáfora para o estupro: http://reelgirl.com/2014/06/angelina-jolie-tells-bbc-maleficents-wing-cutting-scene-is-metaphor-for-rape/
    Posto esse site pois achei muito boa a discussão que a autora faz (mas ela cita no texto os links das falas citadas por Jolie).

    Espero contribuir para a discussão =)

  • Guest

    Também me emocionei.

  • Matheus Dix
    • Matheus Dix

      Rolou um bug aí que duplicou e não consigo apagar o abaixo.

    • http://www.anticast.com.br Ivan Alexander Mizanzuk

      Dá pra curtir um milhão de vezes?

  • wagnerlima

    Ahh creio que Jon Snow seja um Targaryen e, esse Rouxinol do Beccari, da pra usar de toque de celular …. inté

  • Antonio Marcelino

    O Não Obstante já era?

  • Cora

    Homenagem a anedota do Beccari.

  • Sérgio Freire

    Opa, chegando tarde pra discussão mas lá vai. A mensagem que eu peguei é que Malévola é essencialmente boa, que é demostrado pelo fato de acabar por adotar e salvar Aurora daquelas madrinhas desmioladas que nunca conviveram com seres humanos e não entendem como se cria um bebê cheio de limitações em comparações ao bichos naturais.

    A alegoria que eu entendi sobre o beijo é que amor a primeira vista não é o verdadeiro amor mas apenas instinto. O beijo de Malévola é o beijo de uma mãe para a filha adotiva. O verdadeiro amor é algo que demanda dedicação.

    Ah, e sobre o fato de Aurora ser desmiolada eu conclui ser consequência da benção da fada Teletubie: Ser eternamente feliz (traduzindo: Aurora está condenada a ser uma boba alegre eternamente).

    Descobri hoje o podcast e apoio o trabalho de vocês. Boa sorte!