11.mar.2014

Um cinema no fim do mundo

Fotógrafo retrata cinema ao ar livre abandonado no Deserto de Sinai no Egito

Em algum lugar do sul da Península de Sinai, no Egito, bem no meio do deserto e suas montanhas de areia, situa-se algo peculiar e totalmente deslocado: uma sala de cinema ao ar livre.

O fotógrafo estoniano Kaupo Kikkas recentemente visitou o local abandonado e trouxe de volta algumas fotos que retratam um sonho em decomposição.

Kikkas compartilha em seu blog que o teatro foi construído não muito tempo atrás por um milionário francês. Toneladas de assentos antigos e um gerador foram levados ao Cairo, além de uma gigantesca tela de projeção.

Tudo estava pronto para a noite de abertura, a não ser um pequeno problema: segundo Kikkas, os moradores e a autoridade local não estavam particularmente interessados ​​na novidade e decidiram sabotar o gerador.

O resultado? Um único filme nunca foi exibido no local, que ficou completamente à deriva.

kaup_kikkas_cinema-1
kaup_kikkas_cinema-2
kaup_kikkas_cinema-3

 O local também pode ser visto via Google Maps.

kaup_kikkas_cinema-4

Tais fotos mostram artefatos de uma sociedade à parte do resto do mundo, e ao mesmo tempo totalmente fincada e absorvida pelo seu meio. As cadeiras cobertas por areia e poeira aqui são símbolos da distância, do tempo e de uma história que ainda não se desenrolou.

 

Também no B9

Comente