Fechar [X]

AfroReggae pretende incluir favelas do Rio de Janeiro no mapa

“Tá no Mapa” visa digitalizar comunidades onde o Google Maps nunca passou

0
notas
0
likes
0
Tweets
0
Pin it
0
notas
0
likes
0
Tweets
0
pin it

A cidade do Rio de Janeiro tem mais de 1000 favelas. Nenhuma delas mapeadas em quaisquer que sejam as ferramentas online. Para quebrar esse muro digital, o AfroReggae revelou hoje o projeto “Tá no Mapa”.

Em parceria com a JWT, a instituição pretende mapear e dar visibilidade às favelas e regiões em que está presente. A primeira é Parada de Lucas, na Zona Norte do Rio, onde os próprios moradores – mais de 20 mil – ajudaram a marcar ruas e vielas no GPS, destacando negócios locais, serviços e pontos de interesse. A próxima favela a ser mapeada será Vigário Geral.

O projeto, além de inserir essas comunidades no mundo digital, visa promover a cidadania e a busca por direitos básicos desses locais que até então nem faziam parte do mapa. Acesse: afroreggae.org/tanomapa

Tá no Mapa Tá no Mapa
LEIA TAMBÉM
COMENTE