Dolce & Gabanna, Scarlett Johansson e o ridículo belo dos comerciais de perfume

6
notas
0
likes
0
Tweets
0
Pin it
6
notas
0
likes
0
Tweets
0
pin it

Todo comercial de perfume é igual: gente bonita (estupidamente, em alguns casos), ações e frases sem sentido, fotografia exagerada e intensidade amorosa, de vida ou de morte. São ridículos, completamente idiotas. Mas bonitos. Eu acho. Aliás, não só eu. Em tempo, estou estando chupinhando esse post do Adweek, mas só porque a deixa é a Scarlett Johansson na campanha do perfume The One, da Dolce & Gabanna.

E também porque o citado site levantou uma lebre maneiraça que vou postar em inglês mesmo, logo abaixo. Até porque você protelou demais a matrícula na escola de línguas mais próxima da sua casa ou trabalho.

There’s no way around the fact that almost all perfume commercials, including this one, are, at their core, completely ridiculous.

But they’re also a fantasy, an attempt to embody the idea of the scent, which in this case, seems to be a classic, luxurious sort of glamour.

Acho válido. E tem a Scarlett falando várias frases idiotas e sendo linda.

LEIA TAMBÉM
COMENTE
  • http://twitter.com/SemArrudeio @SemArrudeio

    "E tem a Scarlett falando várias frases idiotas e sendo linda."
    Bote idiota e linda nisso!

    Vai ser bonita assim lá/aqui no meu quarto, sualinda! :)

  • http://estou-sem.blogspot.com/ Andarilho

    Mas não seriam quase todos os comerciais, fantasia? Em algum nível, pelo menos.

    Bah, quem se importa mesmo… Tem a Scarlett, já tá bom.

  • rafamn

    kkkkkkkkkkkkkkkkk muito bom, realmente, um monte de frases idiotas. Mas tem a Scalett. :) Apesar do lábios muito bonitos, eu tbm gosto muito da bunda, baseando-me em recentes fotografias. :p

  • Daniel

    Concordo com o que se fala dos clichês de comerciais de perfumes e produtos de beleza em geral. Mas discordo da questão de ela dizer frases "idiotas". Ela fala banalidades. Existe gente que paga pra poder ter acesso a esse tipo de conteúdo (Quem compra revista Caras, Contigo, Capricho).

    Eu diria que entre os comercias de perfumes esse é o mais esperto de todos, já que oferece conteúdo que interessa a seu público-alvo (banal ou não, é um mero detalhe), e consegue associar isso de forma inteligente ("o cheiro do nascer do sol" e "eu não procuro por um milhão de coisas, apenas uma coisa, a quela coisa perfeita, o amor").

    Esse é o tipo de trivialidade na medida. Como música do Roberto Carlos. Simples, mas agrada (para um determinado público).

  • Anita

    Que horror esse site, pura inveja.

  • Anita

    A maioria dos comerciais de perfume nem tem falas.
    Gosto em especial de Nina Ricci.