As 20+ tendências para 2011

9
notas
0
likes
0
Tweets
0
Pin it
9
notas
0
likes
0
Tweets
0
pin it

O TrendHunter listou, no final do ano passado, as principais tendências em marketing, propaganda, design, comportamento e tecnologia para 2011. São elas:

20. Publicidade projetada
Tratamos recentemente disso aqui no Brainstorm#9. As projeções tem baixo custo relativo e são altamente virais, ideais para seu evento de final de ano.

19. Varejo interativo
Sacolas com mensagens interativas, cardápios em iPad e presença proativa (proativa, viu?) nas redes sociais são exemplos de como o varejo tenta se adaptar ao consumidor que interage com a comunicação.

18. Caridade transviada
ONGs e instituições envolvidas com ações de caridade estão usando cada vez mais um estilo de “shockvertising” para apelar às almas caridosas. Anúncios sexualizados e mensagens cada vez mais impactantes tendem a ser mais frequentes no ano que vem.

17. Moda Tecnológica
Celulares-brincos, celulares-relógios, pulseiras-relógio-holográficas, casacos-players e tudo mais acessório-tecnológico possível.

16. Marcas revertidas
A pessoas de hoje, as marcas de hoje, mas como se fossem de antigamente. Como ícones culturais, muitas marcas e até mesmo consumidores estão buscando suas raízes “retrô” para satisfazer aquela criança que existe dentro de cada um.

15. Estilo local
Blogs como o The Sartorialist, que prioriza a moda “real” fotografando gente estilosa nas ruas, além de algumas marcas, estão atrás de gente como a gente. Tudo isso, é claro, bombado por fashion bloggers e redes sociais.

14. Tempo real
As redes sociais, com promoções, aplicativos e internet mandando ver e dando a gratificação que você, cliente leal (mais que fiel) tanto quer, baseado em localização, forma de pagamento etc. Só que você não quer esperar até amanhã para ganhar seu bônus ou desconto.

13. Cubismo moderno
A forma do cubo está cada vez mais presente em aparelhos, casas, decoração e utensílios. Segundo o TrendHunter, a moda vai pegar também em Branding e no varejão.

12. O melhor possível
Em um período de incertezas ambientais, o consumidor, cada vez mais consciente do que precisa e por que, não quer, necessariamente, o melhor de todos o produtos. Quer o melhor produto para ele.

11. Impressão tridimensional
Protótipos e até mesmo produtos finais impressos já estão se tornando realidade através da impressora 3D.

10. Hiperrealismo
E você achando que a tendência é Photoshop? Na realidade é o contrário: artistas rebeldes criam pinturas usando técnicas clássicas para retratar a realidade com precisão.

9. Telas para crianças
Alavancados pela revolução touch do iPad, novos aparelhos, aplicativos e conteúdos estão saindo do forno para saciar a nova geração interativa.

8. Venda democrática
O voto popular não está mais restrito à política. Consumidores votam agora em quais promoções querem ter ou quais produtos devem voltar às prateleiras.

7. Auto-expressão Rock Star
A cultura rock’n’roll ainda tem fôlego. Desde hotéis a moda e produtos rebeldes, vários setores ainda usam o rock para criar identidade.

6. Kidverting
As empresas vão aonde o dinheiro está: nos pais. Para isso, cada vez mais usam os interesses dos próprios adultos para cativar os cliente babão. Mais anúncios de moda criança parecidos com os de adultos e menos estampas coloridas nas roupas.

5. O luxo, firme e forte
Aviões com salas privativas, com tudo do bom e do melhor. Na certeza de que os muito ricos sempre existirão, as empresas de alto luxo investem mais.

4. Cultura geriátrica
Bordados, crochês e tecidos vintage estão sendo ressuscitados. A moda da geração dos nossos avós vem remodelada num tom irônico, sem perder a cara de “velho”.

3. Adaptação perpétua
Os produtos estão sempre evoluindo esteticamente, muitas vezes chegando a mudar de função. Barbie retrô, aviões de luxo e antigos gadgets de escritório são remodelados ao sabor da mudança cultural.

2. Tweetonomics
De hashtags a acessórios de moda, enquanto o Twitter continuar a crescer, tudo que se utiliza de sua rede de oportunidades de negócio também crescerá.

1. Consumismo discreto
Seja o Starbucks disfarçando sua identidade visual nas lojas (você também viu isso aqui), ou a Absolut fazendo uma garrafa sem rótulo, é evidente que o consumidor está se afastando das grandes marcas. As pequenas e as locais têm uma oportunidade nesse sentimento “anti-corporação”.

Se quiser conferir o video, acesse por aqui.

LEIA TAMBÉM
COMENTE
  • Giovanni

    Ótimo texto, mas tem alguns erros de concordância e português em geral… dá uma olhada nisso aí cara.

  • http://twitter.com/darrigo julio Darrigo

    Concordo com a maioria, as acho que muitas delas culturalmente não vão vingar, por exemplo a como Kidverting ainda visto meus sobrinhos com a nova camisetinha do ben 10,

    Boa matéria!

  • Jackson Kuntz

    e os publicitários continuam achando que podem fazer prognósticos sem estudar história. perdi 3 minutos lendo essa joça. 20 coisas e nenhuma que preste.

  • http://www.facebook.com/eronaldd Ronaldo Magalhães

    Excelente!

  • Rodrigo Magalhães

    É que o Brasil é de certa forma um país isolado. Somos diferentes, temos nossas proprias tendências.
    Muita coisa aí só serve pros EUA e pra alguns países da Europa.

    Aqui na Espanha mesmo muito disso ae não vinga. De qualquer forma, tem umas 3 tendências com exemplos bem úteis para matar meu job.

    • Rafa Supertramp

      "O Brasil é de certa forma um país isolado…" ?!?!?!
      Baseado em que você diz isso? Pode ser que os prognósticos não sejam bons por estarem incompletos, mas o seu comentário foi infeliz amigo, sorry ae.

  • mara baldacci

    Muito bom mesmo.Para os que não acreditam em pesquisas, ou que o Brasil é diferente,é só uma questão de um pouquinho de tempo a mais.Nao acreditavam na mudunça fonográfica.Só fico um pouquinho triste com a ausencia do papel.Nos livros.

  • http://milklook.blogspot.com Giuliana

    Aiii que lego-mouse mais fofo!! Estou totalmente de acordo com as tendências Rodrigo e por coincidência tenho até um livro do Sartoriaslit que ganhei do Papai Noel hehehe beijos e mais matérias por favor!

  • Jordana

    Ótimo post!