Fechar [X]

Nissan cutuca GM, Honda e Fiat em campanha para o Livina 2011

31
notas
0
likes
0
Tweets
0
Pin it
31
notas
0
likes
0
Tweets
0
pin it
Nissan

Outro dia eu falei que a Nissan vivia fazendo campanhas comparativas, e logo me corrigiram dizendo que quem faz mesmo é a Hyundai.

Bom, e se eles ainda não faziam tanto, pelo menos agora fazem melhor. Já que é pra citar a concorrência, que seja com vontade, sem meias palavras. Aqui, os chefes de outras montadoras reclamam com seus engenheiros por causa do Livina.

Algo que chama atenção diante da preguiçosa publicidade televisiva brasileira atual. Obviamente, entrou no ar na sexta a noite pra durar só o fim de semana, porque na segunda-feira o CONAR vai abrir a boca.

A criação é da Lew’LaraTBWA.

LEIA TAMBÉM
COMENTE
  • cenarioweb

    Cara, se eu fosse empresario e o concorrente usasse a imagem da minha empresa, eu teria mesmo motivos para ficar p*to. Mas se for criativo, iria até apoiar e iria fazer guerra, guerra de boa e divertida publicidade.

    Achei demais!

  • http://www.twitter.com/raphaelscs Raphael

    O primeiro cara parece mais um Kamikaze do que um Yankee se é que vocês me entendem…

    • http://www.pensamentolateral.com Raph4

      Também achei os personagens da GM muito mais pra orientais do que “yankees”. Na primeira vez que vi o anúncio, aliás, achei que estivessem falando um português arrastado pro japonês, algo assim.

      • http://www.facebook.com/allebrazil Alexandre Oliveira

        Eu tb… até achei que todos seriam mais puxados pro japa (já que a Nissan é japa)…

  • Robson

    O Brasil é o país da hipocrisia. Aqui só funciona reclamação em coisas que não tem motivo e justiça só é feita com coisas bobas. Grande motivo é o CONAR, que proíbe propagandas criativas. BRASIL É FODA.

  • http://fvcnoticias.blogspot.com/ Jacob Paes

    Achei o comercial lagal, mas com certeza vai sair do ar. Também acho que se é pra criticar a concorrência faça bem feito e legal. Mas esse tipo de propaganda parece passar uma imagem de que o carro não tem outras qualidades.
    Uma propaganda criativa, mas sem mexer com as concorrentes teria sido melhor.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100001042630302 Diego Felipe

    Uma coisa é fato: Vai gerar comentarios em todos os lugares.

  • crisdias

    Na propaganda o brasileiro costuma se identificar com a vítima. Até na propaganda política.

    De repente isso mudou, vamos descobrir.

    • http://belloni.tumblr.com Lucas Belloni

      A cultura do "coitadinho" é uma porcaria mesmo. Os criativos ficam limitados apenas a falar bem do seus produtos enquanto um cutucão na concorrencia poderia trazer maiores benefícios pros consumidores.

  • http://www.ligaweb.com.br Maurício Gouvea

    Seria ótimo se acabasse essa hipocrisia na publicidade brasileira. Achei o comercial fantástico mesmo tendo 2 hondas em casa.

  • http://www.facebook.com/allebrazil Alexandre Oliveira

    Achei criativo "bagarai"… a Lew tá de parabéns com esse novo conceito…

    Existe uma lei nos EUA (já que nos baseamos tanto no que fazem lá) que diz que vc não pode falar de uma marca subjetivamente… Se vai falar tem que mostrar a marca do concorrente tb… Eu sempre gostei mais desse conceito pq mstra realmente e ainda fz uma propaganda pro concorrente (se é positiva ou negativa, não vem ao caso…hsaushuas)

    E como o Merigo mencionou, tá na hora de mudar um pouco o conceito batido de se expor na mídia… vai sair da TV sim, é inevitável, mas vai ficar aqui na biblioteca de Alexandria que hj chamamos de internet…

    ABS

  • http://www.facebook.com/mario.rabello Mário Marcondes Rabello

    Achei muito boa! Já ta na hora da publicidade brasileira deixar de lado a hipocrisia e a neura pelo politicamente correto, e parar de ficar tirando propagandas que são boas do ar, simplesmente porque a concorrência achou ruim!

    • Viakenny

      o problema é que a propaganda BR tá na corda bamba, com vários segmentos correndo o risco de terem suas campanhas proibidas ou terem restrições pesadas.

  • http://belloni.tumblr.com Lucas Belloni

    Como consumidor eu não me sinto ofendido com a propaganda, então, acredito que as marcas não deveriam tomar as dores de uma propaganda inteligente, mas investir seus esforços em um produto/serviço melhor, ou numa propaganda melhor ainda.

  • http://www.felipefabre.com.br Felipe Fabre

    A boa propaganda provocante no estilo americano de volta a "politicamente correta" propaganda brasileira. Até que enfim!

  • Gonza

    Conaaaaar não me pega no final de semana lá-lá-lá….

    • luiz

      Por essas e outras o país vai de mal a pior. Restritivo ou não, há regulamentação que impede esse tipo de propaganda.
      Ao invés de apoiar a ilegalidade ou ridicularizar nosso sistema, o bom cidadão ou defende a manutenção das leis, ou briga por mudanças.
      Sua postura é bem condizente à turma do mensalão. Impunidade total… Você vai longe amigo.

  • Nano

    Mesmo que só dure o fim de semana, já fez o que tinha que fazer: "Gerar buzz". Se sair do ar, vai ser maior ainda, porque vão procurar em tudo quanto é canto, só pra ver.

    E inteligente vai ser a montadora que invés de reclamar com o Conar, fizer uma "contra-propaganda". Mesmo não acreditando, espero que façam.

  • http://twitter.com/gusfune @gusfune

    Vale frisar o detalhe de que o comercial foi divulgado primeiro na internet, pra mais tarde no mesmo dia ser liberado na TV.

  • Valeria Bastos

    Acabou de passar na TV (dom,29.09,20:15h)….e amanhã não passará mais…
    Achei que tem um problema: As pessoas falam muito rápido e não da pra entender direito, poderiam ter melhorado um pouco isso.

  • http://twitter.com/maufilho @maufilho

    Será mesmo que o Conar vai abrir o bocão? (…) Certeza!

  • Gustavo

    A "punição" do Japonês da Honda é a melhor de todas !!! O cara já começa chorando, a primeira bolinha acerta ele, o fogo já tá nos pés e o arrame farpado dá o requinte final ahahahahahahahah

  • luiz

    Criatividade é algo subjetivo. O comercial é engraçado, contudo, não respeita a regulamentação vigente.
    Entendo que se o Diretor de Criação não é capaz de fazer algo inovador e de bom gosto dentro do que rege a regulamentação aplicável, ele não é tão criativo assim.
    A ilegalidade sempre faz mais barulho e chama a atenção do público em geral, veja os escandalos do mensalão e as principais manchetes dos jornai, que só vendem tragédia.
    Acredito que deveríamos apoiar as boas idéias que respeitam as regras e não o contrário.
    Há outros mecanismos para mudar o país. A anarquia ou desrespeito às regras, para mim, não levam a nada.
    Acho a energia do blog positiva. Ao invés de apoiar algo que todos aqui sabem ser indevido, deveríamos brigar por uma legislação mais abrangente, como a americana, que permite campanhas comparativas.

  • Ana

    Esse tipo de campanha é mais do que comum nos EUA…

  • lucas

    Esse negócio de mexer com a concorrência é ótimo, tem que ser mais como os EUA nesse aspecto mesmo. Mas essa peça é péssima, quando vi pensei até que era um video do youtube feito por qualquer um. Muito ruim mesmo.

  • psg

    Num acerta nem a bolinha Porpeta :D

    enfim… qdo vi ja sabia q os bonitinhos da censura publicitaria vetariam…

    e nada… o americano ta show de bola

  • Carla

    Acredito que uma boa empresa não precisa atacar seus concorrentes para mostrar que seu produto é bom. a propaganda por si deveria fazer isso. Achei totalmente desnecessário e anti-profissional.

  • brulacer

    Até que demorou: http://bit.ly/aqsE0U

  • Eliezer Cardoso

    PÉSSIMO comercial. Não vai ficar na memória de ninguém. Jamais será um "cachorro-peixe". A sonorização é horrível e o que o gosto muito duvidoso. Abraços.