A evolução do CGI oficial da Copa do Mundo

23
notas
0
likes
0
Tweets
0
Pin it
23
notas
0
likes
0
Tweets
0
pin it

As Copas do Mundo passam e com ela os gráficos informativos oficiais dos jogos transmitidos pela televisão evoluem. Mostram o placar, nome dos jogadores, escalação, substituições, etc, estando presentes em muitos momentos de uma partida, tudo em tempo real.

Nas últimas 3 Copas – contando a atual, na África do Sul – a empresa responsável tanto pelos números como pelo design é a italiana Deltrate, especializada em gerir e rastrear estatísticas esportivas. Eles trabalham com uma central de dados, que se comunica com unidades locais em cada estádio para manter as informações sincronizadas e atualizadas.

Nesse ano, os gráficos são gerados em alta definição em diversos formatos. Além do layout oficial, as emissoras de TV no mundo todo podem utilizar os mesmos dados com designs personalizados, se preferirem.

Veja abaixo os CGI’s oficiais da FIFA, desde a Copa de 1986 até 2010.

1986: México
Copa 1986 World Cup CGI TV Graphics Titles

1990: Itália
Copa 1986 World Cup CGI TV Graphics Titles

1994: Estados Unidos
Copa 1986 World Cup CGI TV Graphics Titles

1998: França
Copa 1986 World Cup CGI TV Graphics Titles

2002: Japão / Coréia do Sul
Copa 1986 World Cup CGI TV Graphics Titles

2006: Alemanha
Copa 1986 World Cup CGI TV Graphics Titles

2010: África do Sul
Copa 1986 World Cup CGI TV Graphics Titles

Copa 1986 World Cup CGI TV Graphics Titles Copa 1986 World Cup CGI TV Graphics Titles Copa 1986 World Cup CGI TV Graphics Titles
LEIA TAMBÉM
COMENTE
  • Daniel Souza

    Muito bom, mas eu gostei muito da copa de 2006

  • hofnik

    O certo é CG nao CGI
    CGI é outra coisa…

  • http://intensedebate.com/people/Viakenny Viakenny

    fora os GCs dos outros eventos da FIFA (Copa do Mundo Sub-20, Copa do Mundo Feminina, Copa do Mundo de Clubes, Copa do Mundo de Futsal…), meio que um híbrido entre 2006 e 2010.

  • http://twitter.com/crisdias @crisdias

    #ger wins!

  • http://www.amilcartavares.com/ Amílcar Tavares

    Costuma ver a NBA? Já reparou na quantidade de estatísticas e factos à volta do jogo e dos seus intérpretes? É isso que eu estava à espera nesta, e nas outras, Copa e ainda não tive.

    • http://titanz.forum.st Tyra

      Eu certamente não gostaria de assistir futebol com a tela lotada de informações. Gosto dela assim, limpinha, no máximo o tempo e o placar podem ficar o tempo todo… só!

      o resto das informações entram quando, e somente quando, tiver necessidade!

  • http://intensedebate.com/people/mppagano Marcos Paulo Pagano

    A melhor parte foi ver Brasil escrito Bresil no GC da copa da França.

    • paceka

      ahn, é assim que se escreve Brasil em francês, cara.

      • http://intensedebate.com/people/mppagano Marcos Paulo Pagano

        Exatamente. Por que estamos acostumados a ver no máximo escrito Brazil, mas Bresil nunca tinha visto.

        • http://intensedebate.com/people/paceka paceka

          ah, okay, achei que você tinha pensado que estava escrito errado. My bad.

  • http://www.facebook.com/profile.php?id=100000672941383 Lucas G. Bona

    interessante isso… sempre me perguntei sobre isso. de como são gerados estes gráficos durante os jogos, mas nunca tive a iniciativa de pesquisar.
    Legal ver a evolução também…
    tipo, da emissora de TV aqui da minha pequenópolis os gráficos estão parecidos com o da copa de 94… detalhe, eles tem tempo de fazer edição do vídeo. Nunca vi fazerem uma transmissão realmente ao vivo.
    Alguém ai sabe q tipo de programa q usa pra fazer essas edições em programa de TV? Sony Vegas? After Effects? WMM(acho q usam ele aqui)?

  • http://intensedebate.com/people/tudibao Silvia Zampar

    Outra evolução clara que percebemos é no uniforme dos times.
    Esse shortzinhos de 1986 era quase uma indecência – hahahaha

  • http://www.omelhordomarketing.com.br André Damasceno

    A cada ano essa será uma tendência muito forte, mas será que essa evolução deve acompanhar o formato dentro de campo? Alguns dias vi uma entrevista onde se discutia o uso de imagens enviadas para o relógio dos árbitros, até que ponto isso pode descaracterizar o verdadeiro futebol?

    • Pedro

      O verdadeiro futebol está nos jogadores. Ferramentas para evitar erros gerados pela natureza humana do juiz não tem nada haver com o "verdadeiro" futebol.

      • http://www.omelhordomarketing.com.br André Damasceno

        Será? acho que vc nao entendeu a minha colocação, não me refiro a arte do futebol e sim justamente uma referência ao título do post.

  • andrelsens

    Para começar, obrigado por essa compilação que serviu de conteúdo para um post que estava pensando em fazer a algum tempo. E aproveito para esclarecer alguns pontos em relação a nomenclatura desses gráficos, que estão sendo comentadas…

    O termo CGI (Computer-generated imagery) não está errado. No entanto, é muito amplo. Afinal, qualquer imagem produzida em computação gráfica (presente em selos, vinhetas e chamadas, por exemplo) pode ser considerado um CGI. Já GC (Gerador de Caracteres), que alguns citaram nos comentários, se refere ao aparelho que gerava (ou gera) os caracteres nos programas e que acabou virando sinônimo dos próprios gráficos e letreiros em si. Da mesma forma que acontecera com o termo VT (videoteipe). Não encontrei em literatura brasileira (ou internacional) ou no discurso técnico de broadcast, além do termo confuso GC, um termo específico para essas elementos visuais informativos presentes na tela durante as transmissões dos jogos. Preferí chamá-los de infográficos ou gráficos informativos, adequando a sua real função. E assim que os denominei no blog.

  • Fernando

    O melhor que achei foi de 2002.

  • http://twitter.com/robsoncmelo Robson Melo

    É interessante isso. Já perceberam que as siglas das seleções no CG do placar estão adaptadas para o português? por exemplo, no jogo contra a Costa do Marfim, a sigla nas emissoras brasileiras era o CDM, e não CIV (Côte d'Ivoire) que é a sigla oficial do país, em freancês.

    A questão é que as siglas nos CGs que não são do placar obedecem à regra internacional, ou seja, naquele jogo, mostrava-se CIV para as estatísticas de escanteio, por exemplo.

    • http://intensedebate.com/people/Viakenny Viakenny

      é que as estatísticas são geradas pela geradora a serviço da FIFA para as transmissões.
      quanto às siglas, na Copa das Confederações, a Globo usou o seu placar e siglas no primeiro jogo, e em todos os jogos seguintes, foi usar o placar e as siglas da FIFA (exigidos por contrato, UEFA-style).
      agora, na Copa do Mundo, o placar é da FIFA, as siglas não (a não ser quando as siglas em português e das da FIFA são iguais, obvs).

  • http://www.facebook.com/joviano Joviano Quatrin

    E o gráficos e animações do "show do intervalo" na Globo? Aquele monitor touch screen (um modelo de Surface, talvez?) que o cara toca e aparecem as informações no telão? Alguém sabe como é feito? É em Maia? Flash? Unit? O nome pode ser CGI, mas como fazem?